Projeto BR-X (Construa seu MSX) – Parte 1

Olá Galera;

Muito se tem falado sobre um novo MSX no mercado, infelizmente não vemos nada de novo no mercado e faz muito tempo.

Pensando nisso, e em preservar a história do nosso querido MSX, imaginei em iniciar um projeto nesse sentido, que seria reconstruir um MSX do zero.

Já recebi emails solicitando um estudo de viabilidade disso para que possamos ter um MSX Open Source com tecnologia desenvolvida por nós.

Vi que temos o projeto http://www.ccas.ru/brychkov/gr8bit/ , feito por alunos, mas é um projeto extremamente caro ($ 499 dólares) e provavelmente de difícil acesso a quem tem um poder aquisitivo muito baixo.

Passeando pela internet pude observar que temos inúmeros projetos para a linha Sinclair principalmente os ZX´s Spectrum. Mas não vi nada para MSX.

Foto do projeto Z80

Sendo um entusiasta da retrocomputação, quero levantar a bandeira de iniciar um projeto nesse sentido, e ir mais além, ampliar as capacidades de processamento e a comunicação com os últimos dispositivos existentes no mercado.

Para a idéia não virar vaporware, vou colocando aqui no blog minhas experiências nesse sentido, e espero que a galera MSXzeira, entre também nessa briga.

A principal ideia desse projeto é torna-lo compatível com todas as versões do MSX (1,2,2+ e Turbo R).

É isso ai galera, vamos ver no que vai dar, tomara que dê certo….e caso não dê..vale pelo conhecimento que teremos adquirido.

T+

MsxRevival;

Anúncios

6 comentários em “Projeto BR-X (Construa seu MSX) – Parte 1

  1. Dex, meus parabéns pelo ótimo site sobre hardware para MSX. Sei que existem muitos sites do tipo por ai, mas não nenhum onde a galera “realmente” bota a mão na massa como aqui. Sobre o projeto de um Open MSX, isso é muito bom, inclusive eu já tinha pensado em fazer um prototipo aqui de um MSX 2+ com algumas coisas que não vemos por ai tipo leitor de SD/MMC no lugar da obsoleta interface de disquete. Infelizmente sou curioso no assunto e fico meio perdido na hora de fazer algo, mas se essa sua iniciativa for levada a frente sei que vou montar meu MSX em casa.
    Meus parabéns mais uma vez e pode ter certeza que continuarei acompanhando o blog que está show de bola!

    • Valeu Ademir, e muito obrigado por acompanhar o blog, a idéia sempre foi a de ajudar na causa MSX, percebo que precisamos realmente fazer alguma coisa nesse sentido, então a idéia realmente é criar um computador novo do zero, mesmo que inicialmente um MSX 1, acredite, criar um computador não é algo fácil, pelo contrário é algo muito penoso, mas se a gente conseguir realizar isso, creio que teremos na nossa mão o projeto e poderemos dar continuidade ao padrão, não dependendo de ninguém.

      Dex

  2. Dex,

    Parabéns pelo ótimo blog. Acabei de conhecê-lo, e estarei acompanhando com muito interesse, pois os assuntos aqui abordados muito me interessam!

    Quanto ao seu Projeto BR-X, a minha sugestão é que, se possível, você faça algo nos moldes do gr8bit, ou seja: modular, e com a possibilidade de trocar as placas de processador, vídeo, memória, etc. Assim, podemos começar com um MSX1 (talvez até aproveitando as peças de um MSX enconstado), e depois ir evoluindo para as demais versões, conforme vamos conseguindo as peças necessárias…

    No mais, mais uma vez parabenizo pelo excelente blog, e por compartilhares tão importantes informações!

    Eliazer Kosciuk (Klax)

    • O Projeto BR-X, tem sido parte de meus estudos para que possamos recriar o MSX, mantendo tudo o que existia na versão original e ampliando suas capacidades, teclado, mouse, impressoras, monitores e etc.

      No entanto ainda estamos em fase de estudo, pois ainda não sabemos se seria melhor utilizar um Z-80 ou partir para a construção de uma coisa do zero.

      Surgiu a idéia de iniciar o projeto com componentes discretos inclusive, que é a de recriar o computador com componentes antes utilizados na década de 60 e ir evoluindo até chegar a coisas mais avançadas. Outros defendem o FPGA entre outros.

      Particularmente eu estou querendo partir pra utilizar um Z-80A, o mesmo usado no MSX como ponto de partida,e ir ampliando suas possibilidades.

      Todavia tenho medo de isso ser um limitador do nosso projeto.

      Dex;

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s